RIP: grandes perdas recentes, parte 2

Carminha Mascarenhas,  cantora brasileira, nascida Cármina Allegretti no dia 14 de abril de 1930 em Muzambinho, MG, Brasil. Começou cantando no coral da Igreja da Matriz de Poços de Caldas e chamava atenção por sua voz de contralto. Depois, começou a cantar um repertório mais popular da época, sendo acompanhada aos violão pelo pai e pelo tio. Entrou para o Conjunto de José Maria, onde atuava como crooner, tendo conhecido o pianista Raul Mascarenhas, com quem se casou em 1952. Cantou músicas de compositores como Hervê Cordovil e a dupla Tom Jobim e Vinícius de Morais, de quem gravou Eu não existo sem você. Separando-se do marido, fez uma série de shows no Uruguai. Também era compositora e duas de suas músicas mais conhecidas eram Toalha de mesa e Samba da madrugada. Formou em 2001, já aposentada, o grupo As Cantoras do Rádio ao lado de cantoras veteranas como Ellen de Lima, Carmélia Alves e Violeta Cavancanti. Era mãe do saxofonista Raul Mascarenhas Jr. que se casou com a cantora Fafá de Belém, com quem teve a filha, também cantora Mariana Belém. Faleceu no dia 16 de janeiro aos 81 anos.

Gustav Leonhardt, cravista, maestro, musicólogo, professor e editor holandês, nascido em 30 de maio de 1928 na localidade de ‘s-Graveland, Holanda. Estudou cravo e órgão com Eduard Müller na Schola Cantorum Basiliensis de 1947 até 1950. Sua estreia como cravista foi em Viena, Áustria em 1950. Dedicou-se ao ensino do instrumento e  se tornou um grande especialista nas obras de J.S. Bach para cravo. Era um grande defensor do uso de instrumentos de época em execução de peças eruditas. Faleceu no dia 16 de janeiro de 2012 aos 83 anos.

Errol Scorcher, DJ jamaicano, nasceu com o nome  de Errol Archer em 1956 em St. Catherine Parish, Jamaica. Nos anos 70, ele trabalhou em diversos sistemas de som na Jamaica e lançou alguns discos sem muita repercussão. Seu primeiro álbum, Rasta Fire, que também foi lançado nos EUA lançou o hit de sua autoria Roach in a De Corner, onde tinha como banda de apoio The Revolutionaires. Faleceu no dia 19 de janeiro de 2012, aos 55 anos.

 

Continua no próximo post

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Blues, Jazz, Música, RIP, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s