RIP: Johnny Otis

Ele foi um dos mais ativos divulgadores da cena do R & B nos anos 40 e 50. Graças a ele, surgiram inúmeros nomes que hoje são famosos e respeitados como Etta James e The Coasters, entre muitos outros. Ele era conhecido como o Padrinho do R & B. Vamos falar de Johnny Otis.

Johnny Otis ou Ioannis Alexandros Veliotes foi um músico (baterista, pianista e vibrafonista), descobridor de talentos, disc jockey, bandleader, produtor e empresário norte americano. Nasceu em 28 de dezembro de 1921 em Vallejo, Califórnia, EUA e era filho de imigrantes gregos. Seu irmão mais novo, Nicholas Veliotes foi embaixador americano na Jordânia e no Egito.

Johnny desde muito cedo gostava de ficar ao lado dos seus amigos afro-americanos, apesar de ser branco e aprendeu a gostar de Blues e Jazz. Começou como baterista de Big Bands de Swing, entre as quais, Lloyd Hunter’s Serenaders e Harlan Leonard’s Rockets. Formou sua própria big band, que teve como hit Harlem Nocturne. Entre os membros da banda de Otis estavam o cantor Wynonie Harris e o pianista Charles Brown. Criou o Barrelhouse Club junto com o amigo Badu Ali. Pouco depois, reduziu a banda e contratou os cantores Mel Walker, Esther Phillips (à época uma adolescente) e o grupo vocal The Robins, que daria origem aos lendários The Coasters.

Sua trupe era residente no Barrelhouse e saiu numa turnê pelo país chamada California Rhythm & Blues Caravan. Otis tinha um grande faro para encontrar talentos musicais. O primeiro deles foi o saxofonista Big Jay McNeely, que costumava tocar no Barrelhouse. Ele e seus colegas de banda gravavam no selo Savoy de New Jersey, um verdadeira onda de hits que dominaram os charts de R & B da época como Double Crossing Blues, Mistrustin’ Blues e Cupid Boogie. Além de bateria, Johnny também tocava vibrafone. Em 1955, abriu seu próprio selo Dig, mas continuou tocando em shows e programas de TV.

Em 1951, mudou para a gravadora Mercury e os hits começaram a escassear. Apesar disso, descobriu um trio vocal feminino chamado The Creollettes, onde a vocalista principal era Jamesetta Hawkins, de uns 14 anos. Otis começou a trabalhar com elas e sugeriu que a cantora invertesse seu primeiro nome, dando origem à grande cantora Etta James (ver bio), que sob a tutela dele gravou seu primeiro hit Dance with Me, Henry, um verdadeiro sucesso. Otis ainda produziu Big Mama Thornton, na primeira versão de Hound Dog de Jerry Leiber & Mike Stoller (um grande sucesso de Elvis nos aos 50). como responsável por A & R da King Records, descobriu e tutelou grandes lendas do Soul e do Blues como Jackie Wilson, Hank Ballard e Little Willie John.

Johnny Otis também era um grande compositor. Uma de suas mais famosas músicas foi Every Beat of My Heart, originalmente gravada por The Royals em 1952, que foi um grande sucesso na década seguinte com Gladys Knight & The Pips. Seu grande sucesso mesmo foi Willie & The Hand Jive de 1958, quando assinou com a Capitol Records. Nessa altura, sua banda era conhecida como Johnny Otis Show e admitiu a cantora Marie Adams em suas fileiras.

Nos anos 60, além do trabalho como produtor e A & R, não deixou de lado as baquetas, sempre trabalhando nos discos de seus protegidos e amigos como Johnny “Guitar” Watson. Reencontrou a pupila Esther Phillips em 1970 e ambos participaram juntos do Monterey Jazz Festival. Seu filho Shuggie Otis (nascido em 1953), seguiu as pegadas do pai e até tocou junto com ele em 1982.

Por ser veterano do R & B e por suas contribuições ao Blues, Jazz e Rock and Roll, Johnny Otis foi muitas vezes laureado e homenageado por músicos aos quais influenciou direta ou indiretamente.

O grande guerreiro chegou ao fim da estrada no dia 17 de janeiro de 2012 aos 90 anos. Uma de suas frases mais célebres foi:

“Desde criança decidi que se nossa sociedade ditou que um tinha ser branco e o outro negro, eu gostaria de ser negro”. 

Johnny Otis (1921-2012)

Fonte: Wikipedia

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Blues, Jazz, Música, RIP, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s