Mestres do Metal: Black Sabbath, parte 1

Para comemorar o aniversario de Tony Iommi, um melhores guitarristas do Heavy Metal e Hard Rock, inauguro no blog mais uma seção, Mestres do Metal. Para começar, vamos falar sobre uma banda que é uma unanimidade entre os fãs de Rock pesado,  que faz parte da Santa Trindade do Metal e que teve em suas fileiras alguns dos melhores vocalistas do estilo. Com vocês: Black Sabbath!

A história da banda teve início no longínquo ano de 1966 em plena efervescência dos experimentalismos musicais que bandas como Beatles (na Inglaterra) e Beach Boys (nos EUA) faziam e que revolucionariam o mundo a partir do ano seguinte. O guitarrista Tony Iommi (nascido Anthony Frank Iommi no dia 19 de fevereiro de 1948 em Birmingham, Inglaterra) entrou para a banda The Rest onde conheceu o batera Bill Ward (nascido William Thomas Ward no dia 5 de maio de 1948 em Birmingham).

Tony havia debutado na música uns dois anos antes quando fez parte dos Rockin’ Chevrolet. Quando tinha 17, quando trabalhava numa fábrica de chapas de metal, ele perdeu as pontas dos dedos anelar e médio da mão direita após um acidente com uma máquina. Teve que prender a tocar como canhoto, mas graças às próteses nos dedos perdidos, melhorou sua técnica no instrumento. No começo de 1968, quando The Rest acabou, Tony e o vocalista da banda, Chris Smith entraram para o Mythology, para onde também foi Bill, pouco depois. Com o fim da banda, Tony e Bill estavam prontos para um novo projeto musical [dia desses eu falo mais da Mythology na seção Achados e Perfidos].

No meio de 1968, os dois amigos recrutaram para a nova banda o guitarrista de slide Jimmy Phillips e o saxofonista Alan “Aker” Clarke (não confundir com o vocalista da célebre banda The Hollies, Allan Clarke). Também fecharam com o cantor “Ozzy” Osbourne (nascido John Michael Osbourne no dia 3 de dezembro de 1948 em Birmingham, Inglaterra), que trouxe para a banda seu amigo de infância, o guitarrista rítmico “Geezer” Butler (nascido Terence Michael Joseph Butler em 17 de julho de 1949 em Birmingham, Inglaterra). Ambos haviam formado no ano anterior a banda Rare Breed.

O novo projeto foi chamado inicialmente Polka Tulk Blues Band, nome sugerido por Ozzy ao ver um talco com essa marca no banheiro de sua mãe. Depois de uns três shows, Phillips e Clarke abandonaram o barco e o nome da banda foi abreviado para Polka Tulk. Decidiram manter-se como um quarteto, com Geezer indo para o baixo, pois Tony a partir dali não admitiria outro guitarrista na banda. Pouco depois, o nome da banda foi mudado para Earth (Ozzy votou contra pois não gostou do nome), Foi nesse período que gravaram algumas demos de canções escritas por Norman Haines como The Rebel, Song for Jim and When I Came Down. Em dezembro de 1968, aconteceu o impensável: Tony saiu da banda para tocar com o Jethro Tull, experiência essa que durou apenas um mês. O único registro de Iommi pelo Jethro Tull é a participação da banda no filme Rolling Stones Rock & Roll Circus onde tocou (ou dublou) Song for Jeffrey.

A banda, que teve o retorno do seu guitarrista e mentor começou a ter problemas com o nome em agosto de 1969, pois já tinha outra banda inglesa chamada earth. Aí decidiram tocar de nome novamente. Depois de muito pensarem, viram o cartaz de um filme de terror de origem italiana, estrelado por Boris Karloff chamado Black Sabbath (no original italiano, o nome era I Tre volti della paura ou As Três Máscaras do Terror). Acharam o nome bem sonoro e começaram a pensar num som e performances bem calcados em terror e coisas sinistras. O próprio nome escolhido evocava algo assim. O Sabá Negro (uma tradição mais literal) era uma espécie de reunião de seres das trevas presidida pelo próprio Lorde dos Demônios, o Diabo em pessoa. Com essa nova diretriz, a banda começou a chamara muita atenção com suas indumentárias pretas e sinistras, contrastando com o colorido do movimento pacifista dos Hippies nos dois lados do Atlântico e o sentimento anti-guerra perpetuado com o festival Woodstock. Ali, de certa forma, o Heavy Metal estava em gestação.

Rockin' Chevrolets, primeira banda de Tony Iommy (atrás, o terceiro da esquerda para a direita)

Continua no próximo post

Deixe um comentário

Arquivado em Aniversariantes, Biografias, Blues, Música, Mestres do Metal, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s