Aniversaria hoje: George Harrison, post bônus

Neste post, vamos falar de outras músicas relacionadas aos Beatles onde George teve participação seja como compositor ou como intérprete (algumas são encontradas em bootlegs e outras estão nos álbuns Anthology, Live at Star-Club e Live at BBC, por ordem cronológica.

In Spite of All the Danger (Harrison-McCartney), acetato gravado em 1958; lançado no álbum Anthology 1, 1995 – Esta é a primeira e uma das únicas composições que George fez em parceria com Paul, que conta com John nos vocais.

Hey, Darling (Harrison-McCartney), gravação caseira,  1960 – outra composição em parceria com Paul, que só pode ser encontrada em bootlegs como Quarrymen at Home. Desta feita, os dois cantam em dueto e alternam os vocais principais.

Matchbox (Perkins), gravação caseira, provavelmente 1960 – trecho de uma música de Carl Perkins cantada por George que os Beatles gravaram em 1964, com Ringo nos vocais (EP Long Tall Sally).

Cry for a Shadow (Harrison-Lennon), My Bonnie Sessions, 1961; Anthology 1, 1995 – Primeira e única composição de George com John. Ao que parece é uma brincadeira ou paródia com os Shadows, banda instrumental britânica surgida no início dos anos 60. Reza a lenda que eles só tocaram essa música uma vez e desistiram dela por não terem gostado do resultado final.

A Picture of You (Beveridge-Oakman), Here We Go, BBC, 1962 – Début de George cantando nos programas da BBC. Original de Joe Brown & Bruvvers de 1962. Inclusive, Joe Brown era muito amigo dele e esteve no Concert for George em 1992 para também prestar-lhe uma homenagem. Pode ser encontrada nos bootlegs da série Live at the Beeb.

Reminiscing (Curtis), Live at Star Club 1962, 1977 – Nessa lendária série de shows que os Betles fizeram no Star Club, George cantou este cover obscuro de Buddy Holly, lançado em 1959.

Sheila (Roe) , Live at Star Club 1962, 1977 – George canta esse número menor de Tommy Roe, gravado em 1962.

Youngblood (Leiber-Stoller-Pomus), Pop Go The Beatles, 1963; Live at the BBC, 1994 – Aqui, George canta um dos clássicos do grupo vocal The Coasters que fala de um sujeito que só gosta de brotinhos jovens.

Nothin’ Shakin’ (Colacrai-Gluck-Fontaine-Lampert), Pop Go The Beatles, 1963Live at the BBC, 1994 – George interpreta um cover de Eddie Fontaine, gravado originalmente em 1958. George (assim como os outros Beatles) era muito fã desses sets de Rockabilly.

So How Come (No One Loves Me) (Bryant), Pop Go The Beatles, 1963; Live at the BBC, 1994 – Nessa mesma edição do programa da BBC, George faz um dueto com John cantando essa música obscura dos Everly Brothers. É uma das raras vezes em que os dois cantam juntos um número.

Glad All Over (Schroeder-Tepper-Bennet), Pop Go The Beatles, 1963; Live at the BBC, 1994 – Novamente, George paga tributo ao mestre Carl Perkins, cantando um de seus números mais obscuros.

Don’t Ever Change (Goffin-King), Pop Go The Beatles, 1963; Live at the BBC, 1994 – George faz um belo dueto com Paul nesta música gravada originalmente gravada pelos Crickets (sem Buddy Holly) em 1962.

I Forgot to Remember to Forget (Kesler-Feathers), From Us to You, 1964; Live at the BBC, 1994 – Bela interpretação desta música cantada originalmente por Elvis Presley em 1955. É o último vocal solo de George em programas da BBC com músicas que não figuraram nos álbuns dos Beatles.

Sour Milk Sea (Harrison), The Esher Demos, 1968; single Sour Milk Sea/The Eagle Laughs At You by Jackie Lomax, 1968 – Composição que foi cedida ao cantor e guitarrista Jackie Lomax, um dos artistas do cast da Apple Records, cuja demo fora gravada na casa de George em Esher, que contou com ele e Eric Clapton (guitarras), Paul (baixo), Nicky Hopkins (piano) e Ringo (bateria).

Not Guilty (Harrison), White Album Sessions, 1968; George Harrison, 1979; Anthology 3, 1997 – Composição de George que seria uma de suas contirbuições para o álbum The Beatles (White Album). Foram gravados mais de 100 takes, mas nenhum deles satisfez George que acabouescolhendo Long Long Long para o disco. Acabou lançanda a canção em seu álbum George Harrison de 1979. A versão de 1968 (take 102) foi lançada no álbum Anthology 3 (1997)

Badge (Harrison-Clapton), Goodbye by Cream, 1969 – Única parceria entre George e o amigo Eric Clapton que foi lançada no derradeiro álbum do Cream, banda da qual o guitarrista fazia parte até 1969. Não há registro de demo desta canção e George participa da gravação tocando guitarra rítmica e usando o pseudônimo El Angelo Misterioso, por motivos contratuais.

Fonte:

Wikipedia

Blog Beatles Live at BBC

fabfour.de

Bootleg Zone

1 comentário

Arquivado em Aniversariantes, Música, Post Bônus, Rock and Roll, The Beatles

Uma resposta para “Aniversaria hoje: George Harrison, post bônus

  1. Te amo, George. Sempre te amarei. Você é o guitarrista solo que eu gostaria de ser. Não gosto de barulho, gosto de música.

    Você é uma mistura de Perkins, com Berry e 80 % você. Além disso, canta muito no principal com este sotaque maravilhoso e quando faz backing, deixa qualquer um sem fôlego de acompanhar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s