Lendas do Rock: Johnny Cash, parte 2

Depois de cinco anos de muito sucesso na Sun Records, Johnny Cash assinou contrato com a Columbia em 1959, onde lançou muitos discos de sucesso, dentre os quais, Don’t Take Your Guns to Town, do álbum The Fabulous Johnny Cash. Durante uma apresentação, ainda nos anos 50, no Grand Ole Opry, conheceu June Carter, do famoso grupo de Country Carter Family. Cash e os Carters fizeram muitas apresentações juntos no decorrer dos anos 60.

Em 1963, Johnny regravou uma composição que June (em coautoria com Merle Kilgore) havia escrito poara a irmã Anita Carter chamada Ring of Fire. Esta converteu-se num grande sucesso de Cash na década de 60. essa década, Johnny gravou dois álbuns conceituais:  Bitter Tears, de 1964 e Ballads Of The True West, no ano seguite.

Infelizmente,  junto com o sucesso, veio a dependência em drogas como anfetaminas e barbitúricos. Embora se drogasse com fequencia, Cash não via seu rendimento enquanto músico ser prejudicado. A imagem romântica de bad guy de Cash cultivou, fez muitos fãs indagarem por que ele nunca cumpriu pena na prisão, embora tivesse amargado uns dias de acan por seu temperamento explosivo.

Em 1965, aconteceu um fato curioso. Ele foi detido em El Paso, Texas porque os policiais do esquadrão antinarcóticos pensavam que o artista estaria contrabeandeando heroína do México para os EUA. Na verdade, eram anfetaminas, que Cash escondia na caixa de seu violão. Outra vez foi preso porque invadiu prorpiedade particular para pegar flores. Ele nunca se recusou a fazer shows em prisões, pois tinha muita compaixão pelos membros da comunidade carcerária. Seus problemas com as drogas foram aumentando e ele assumiu uma conduta autodestrutiva que ocasionou o fim do seu casamento com Vivian em 1966 e muitas brigas em seus shows. No ano seguite, um acidente na casa de seu vizinho e grande amigo Roy Orbison em Old Hickory Lake, Handersonville, Tennessee custou a via de dois dos três filhos de Orbison, uma tragédia que marcou muito Johnny Cash e fez com que procurasse a reabilitação para seu vício.

A amiga June esteve do seu lado para ajudá-lo nesse processo. Ela havia se divorciado quase à mesma época que Johnny, que já se sentia atraído pela amiga, mas os casamentos de ambos impediam qualquer envolvimento amoroso. Desimpedidos, puderam dar início a sua bela história de amor. A música Flesh and Blood teria sido uma das primeiras composições de Cash para a amada. Em 1968, Johnny fez um pedido de csamento a June e esta aceitou. E 1970, tiveram um único filho, John Carter Cash, que mantém o legado dos pais sendo músico e produtor.

Continua no próximo post

Deixe um comentário

Arquivado em Aniversariantes, Biografias, Lendas do Rock, Música, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s