Monkees Review: O Galante Mr. Jones, finale

A década de 90, tão distante dos mágicos anos 60 recebia os Monkees em grande estilo. Em 1996, veio a turnê comemorativa dos 30 anos do seriado e a gravação um disco da banda completa após 28 anos (o último contando com os quatro foi a trilha sonora do malfadado filme Head) chamado Justus, um álbum contando com o quarteto, sem músicos adicionais.  No ano seguinte, os Monkees fizeram um especial televisivo chamado Hey Hey It’s The Monkees.

Com a carreira musical e artística em alta, Davy começou a se dedicar mais à sua outra paixão: corrida de cavalos. Davy não se sentiria completo na vida se não fizesse isso. Conforme ele mesmo declarou certa vez:

“Eu cometi um grande erro. Quando a banda acabou entre os anos 60 e 70, eu devia ter caído fora de Hollywood e voltar às corridas. Ao invés disso, esperei mais dez anos. Todo mundo comete erros na vida  e para mim esse foi o maior de todos”.

No mesmo ano em que os Monkees fizeram 30 anos, Davy ganhou sua primeira corrida de cavalos num torneio chamado Ontario Amateur Riders Handicap, graças ao seu alazão Digpast. Ele mostrou interesse em adquirir a propriedade de cavalos tanto nos EUA quanto no Reino Unido e foi porta-voz para pistas de corrida da Colonial Downs na Virgínia.

Logo após o especial citado cima, eles fizeram uma turnê pela Inglaterra, em agradecimento pela ótima acolhida que tiveram na Terrra da Rainha nos anos 60. A maioria dos fãs do quarteto são britânicos. Abruptamente, Mike saiu da banda, deixando a todos, inclusive Davy, aturdidos. Quando perguntaram a ele sobre os motivos da saída do colega, Davy respondeu:

“[Mike] fez um novo álbum com a gente. Ele visitou a Grã-Bretanha com a gente. Então, de repente, ele não está aqui. Mais tarde, eu ouvi rumores de que ele está escrevendo um roteiro para o nosso próximo filme . Oh, quer saber o que eu acho? Essa notícia me deixou inconformado! Ele sempre foi essa pessoa, distante e inacessível … a quarta parte do quebra-cabeça que nunca se encaixa perfeitamente dentro “

Findos os compromissos da turnês, Davy voltou a se dedicar a seus projetos pessoais. Escreveu sua segunda autobiografia Davy Jones: Daydream Believin’ e continuou participando de produções televisivas – fez uma aparição num episódio do desenho Bob Esponja e na série Living in TV Land , teatrais e musicais –  durante mais de uma década, foi uma das principais atrações da Flower Power Concert Series em Epcot Center. Dedicou seu tempo também às corridas de cavalos. Participou da Maratona de Londres fazendo um dos melhores tempos da competição.

Em 2001, lançou o álbum solo Just Me, um trocadilho com o último disco dos Monkees, Justus. Para ouvir este disco, clique aqui. Só é disponível para audição no próprio site, não há como fazer download. Todos os álbuns solo de Davy e outras raridades podem ser encontradas aqui. Além disso, fez turnês, ora com Mickey, ora com Peter. Participou de revivals ao lado do amigo Peter Noone (Herman’s Hermits), um projeto chamado A Blast from Past. Davy gostou tanto do seu disco solo que lançou em 2004 o álbum Just Me 2.

Em 2009, foi laçado pelo cupido de novo e se casou com a apresentadora da Telemundo e dançarina cubana Jessica Pacheco, uns 30 anos mais nova do que ele. Em 2011, os fãs dos Monkees tiveram uma ótima notícia: uma turnê de reunião dos Monkees comemorando os 45 anos da banda – contando com Davy, Mickey e Peter – foi anunciada e algumas cidades norte americanas foram agendadas. Infelizmente, no final do ano, alguns shows foram cancelados, deixando os fãs da banda apreensivos porque alguns rumores davam conta de que um deles estava muito doente. Foi informado que os problemas eram de ordem técnica, para alívio de todos.

No início de 2012, a banda agendou várias cidades inglesas numa nova turnê e pretendiam estendê-la a partir de abril. Infelizmente, no dia 29 de fevereiro de 2011, o amado e galante Mr. Jones teve um ataque cardíaco fulminante e nos deixou órfãos de seu talento e carisma, aos 66 anos. Os fãs do quarteto musical mais irreverente do planeta e todos aqueles que amam os anos 60 lamentaram muito essa perda e esse foi o assunto que dominou as principais redes sociais da Internet, o Twitter e o Facebook. O funeral aconteceu no dia 8 de março, uma semana após o óbito e seus colegas enlutados preferiram não atender à cerimônia para não causar burburinho e confusão. No próximo dia 10 de março, haverá um memorial fúnebre simultâneo nos EUA e Inglaterra que, segundo consta, contará com Peter, Micky e Mike.

Para aplacar a tristeza, nada melhor que colocar um dos seriados ou discos dos Monkees e lembrar-se de Davy, como ele sempre  foi, uma pessoa que sorria em todos os dias de sua vida :

“Eu amo fazer as pessoas rirem e torná-los felizes e o lugar mais confortável para mim estar é no palco. É o que eu queria fazer quando eu era um garotinho e eu ainda consigo fazer. Eu estou “ligado” o tempo todo. Adoro entreter. “

Davy Jones (1945-2012)

Colaborou: Mitch McKenna, que interpretou Davy Jones na banda Vintage Monkees

Uma das últimas fotos de Davy

Fontes:

Wikipedia

Site da Rhino/Monkees

Site oficial

Agradecimentos a Rosinha Monkees Viegas, Marcos Neves dos Santos (Nezmarcos), Mitch McKenna, Lilly Tork, Leo Raymond e Menachem Grozs e a todos os fãs dos Monkees e de boa música em geral

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Humor, Música, Monkees Review, Rock and Roll, The Monkees

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s