Monkees Review: O irreverente Micky Dolenz, parte 3

Com o fim dos Monkees, Micky foi morar na Inglaterra mas não conseguia achar uma colocação. Eram os anos 70 com bandas de Rock pesado e outras diretrizes que contrastavam com as habilidades de Micky enquanto músico. Tentou manter a carreira musical e assinou com a MGM, onde gravou muitos singles inexpressivos com a produção de Michael Lloyd. Um deles, Easy on You”/”Oh Someone contou com a ajuda do velho amigo Peter Tork. Sua carreira começou a afundar, fato agravado pelo abuso de substâncias viciantes. Conforme ele mesmo declarou:

“Depois que o seriado acabou, não consegui arranjar trabalho. Isso não era divertido. Os agentes viviam dizendo: ‘quem é que precisa de um baterista de Rock?’. Isso era muito duro mesmo.”

A redenção de Micky foi a participação em seriados televisivos como My Three Sons, Adam 12, Cannon e Owen Marshall: Counselor at Law, além de dublar muitos desenhos da Hanna-Barbera como Scooby DooFantasminha Legal (Funky Phantom), Butch Cassidy & The Sundance Kids, Devlin o Motoqueiro, Cocota e Motoca (The Wonder Wheels) e Família Dó-Ré-Mi 2200 (Partridge Family 2200 AD), todos muito queridos pela criançada brasileira (e eu me incluo nessa lista!) da década de 70. Há rumores de que Micky teria feito testes para participar do seriado The Happy Days, ambientado nos anos 50, no papel de um dos principais personagens, Fonzie, mas perdeu para Henry Winkler.

Em 1975, juntou-se ao velho amigo Davy Jones mais Tommy Boyce e Bob Hart, os compositores de alguns sucessos dos Monkees, para uma série de shows cantando músicas dos seriado. Não puderam usar o nome Monkees por força contatual e o projeto foi batizado Jones, Dolenz, Boyce & Hart. Devido ao êxito da turnês, os quatro gravaram um único álbum, homônimo. Nesse mesmo ano, embora tenha voltado aos holofotes com a turnê, seu casamento com Samantha, que já ia mal das pernas, chegou ao fim e eles tiveram um divórcio amigável. No ano seguinte, houve uma tentativa de reativar os Monkees para comemorar os 10 anos do seriado e Mike Nesmith não se mostrou interessado. day, Micky e Peter só gravaram um single natalino com a música Christmas is My Time of Year.

Em 1977, Micky e Davy fizeram sua primeira produção teatral conjunta, a montagem de Tom Sawyer, baseada no livro de Mark Twain, onde também atuaram. Gostaram tanto disso, que repetiram a parceria no musical de Harry Nilsson, The Point. Nesse ano, casou-se com Trina Dow, com que teve três filhas, Charlotte Janelle, Emily ClaireGeorgia Rose.

Micky voltou à TV trabalhando como diretor e produtor em séries como Metal Mickey, Gateway to the South, No Problem!, Luna and Murphy’s Mob. Também fez um tour de force com o velho parceiro de Monkees Mike Nesmith na série Television Parts. Ainda teve um programa televisivo com Davy chamado Micky Dolenz & Davy Jones Show.

Micky entrou nos anos 80 fazendo uma turnê ao Japão, ao mesmo tempo em que gravou um single com a música To be or Not to Be (1981) de B.A. Robertson, feita em homenagem a William Shakespeare. O lado B contou com uma composição de Micky, Beverly Hills. O disco fez muito sucesso, assim como a turnê. Também dirigiu uma versão teatral da história do gangster Bugsy Malone, que contou com uma então desconhecida atriz galesa de 14 anos chamada Catherine Zeta-Jones.

Entre 1983 e 84, Micky trabalho na produção e direção do seriado britânico voltado ao público infantil, Luna. No decorrer da década de 80, ele e Davy se reaproximaram de Peter e então decidiram fazer uma série de shows comemorativos do 20º aniversário dos Monkees.

Continua no próximo post.

Deixe um comentário

Arquivado em Aniversariantes, Biografias, Blues, Música, Monkees Review, The Monkees

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s