RIP: Grandes nomes da música que se foram, parte 1

David Craighead, organista norte americano, nascido no dia 24 de janeiro de 1924 em Strasburg, Pennsylvania, EUA. Começou seus estudos com Alexander McCurdy no Instituto de Musica Curtis na Philadelphia. Recebeu bacharelado em música em 1946 e começou a lecionar música em 1955 na Eastman School of Musica, onde também era um dos diretores da divisão de órgãos do departamento de teclados daquela instiuição, cargos que exerceu até se aposentar em 1992. No decorrer de sua carreira, gravou músicas de grandes compositores eruditos como Johann Sebastian Bach, Pierre du Mage, César Franck, Felix Mendelssohn, Olivier Messiaen, Samuel Adler, Paul Cooper, Lou Harrison, William Albright, Vincent Persichetti, Max Reger e Louis Vierne. Faleceu no dia 26 de março de 2012 aos 88 anos.

James T. Wells, guitarrista e compositor televisivo norte americano, nascido no dia 23 de outubro de 1941 na ilha de Bermuda, território norte americano do Golfo do México. Sua família se mudou para o continente quando ele era bem pequeno. Ele estudou em Northside Higher e se formou em Wesminster em 1959. Seu fascínio por música fez com que apresndesse guitarra. Coemçou a trabalhar em 1964, escrevendo jingles. Sua primeira composição mais famosa foi para um comercial de anel de diamentes da Meyer & Berkley. Em 1967 criou seu estúdio e casou-se com sua colaboradora e alma gêmea Janet Meshad. Escreveu o tema WKRP in Cincinatti e não demorou muito para ser um dos mais requisitados compositores de trilhas sonoras e comerciais. Tocou em bandas como Wild Hots e Tommy George & The Fabulous 50’s.Faleceu no dia 26 de março aos 70 anos.

Ademilde Fonseca Delfino, cantora brasileira, nascida no dia 4 de março de 1921 em São Gonçalo do Amarante, RN, Brasil. Saiu de sua terra natal e foi tentar a vida no Rio de Janeiro. Viveu a Era de Ouro do rádio brasileiro em sua plenitude, atuando como cantora. Diz-se que ela foi a inventora do choro cantado e sua voz encantava multidões. Teve uma ótima trajetória fonográfica e gravou seu primeiro disco em 1942. Foi a primeira cantora nordestina a invesitr no estilo. Também foi uma das pioneiras da TV brasileira, tendo trabalhado mais de 10 anos na Tupi. Cheia de vida, Ademilde nunca parou de cantar e fez inúmeras aparições públicas recentemente, apesar do delicado estado de saúde. Fez parte de um grupo chamado As Cantoras do Rádio. Faleceu no dia 27 de março de 2012 aos 91 anos recém completados no início do mês.

Gian Franco Pagliaro, cantor italiano, nascido no dia 26 de julho de 1941 em Nápoles, Itália. Começou a cantar em sua  cidade natal e aos 15 anos mudou-se para a Argentina, onde acabou se radicando e onde conheceu a fama. Ele se dizia “argentino com coração italiano”. Em seu novo lar, tornou-se conhecido por musicar poemas de Neruda, Marti e Guillén, além de compor suas próprias poesias. Seu grande sucesso foi Chau Amore Chau de 1967. Trabalhou com artistas de diferentes naipes da música argentina como Silvio Rodríguez, Joan Manuel Serrat, Alberto Cortez, Leonardo Favio, Víctor Heredia, Sandro, Violeta Parra, Víctor Jara e Facundo Cabral. Era um dos mais respeitados cantores de sua geração, conquistando também os mais jovens. Faleceu no dia 27 de março de 2012 aos 70 anos.

Continua no próximo post.

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Jazz, Música, Música Erudita, Música latina, MPB, RIP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s