Datas Marcantes: 13 de julho de 1985

Olá de novo, queridos leitores. Depois de quase dois meses sem postar aqui no Musical Review, estou de volta! E vamos falar sobre o Dia Mundial do Rock. O Rock and Roll revolucionou o século XX em diversas áreas do conhecimento e da cultura. Nada mais justo do que dedciar a ele uma data especial. O dia escolhido foi special em muitos sentidos., conforme o texto a seguir.

Existem inúmeras datas que poderiam ser pensadas como “aniversário” do bom e velho Rock and Roll, mas decidiu-se pelo dia 13 de julho. O que aconteceu nesse dia? O Live Aid, um dos maiores eventos musicais em prol de uma causa social de todos os tempos. Claro que já houve concertos beneficentes antes como o Concerto para Bangla Desh, organizado por George Harrison em 1971 e o Concerto para o Camboja em 1980, capitaneado pelo também ex-Beatle Paul McCartney. Mas o Live Aid entrou para a história por diversas razões.

No final do ano de 1984, o cantor Bob Geldof (Boomtown Rats) havia reunido diversos artistas britânicos e irlandeses como Paul McCartney, U2, Boy George, Paul Young, Ultravox e Duran Duran, entre outros, para gravação de um disco em prol das vítimas da fome na Etiópia. Do They Know It’s Christmas foi um grande sucesso e Geldof pretendia fazer um megaconcerto via satélite que acontecesse simultaneamente na Inglaterra, nos EUA e em algumas partes do planeta.Muitos músicos compraram a a ideia e confirmaram sua presença no evento.

O Live Aid teve lugar no dia 13 de julho de 1985 em palcos no lendário estádio de Wembley em Londres e no JFK Stadium na Filadélfia, além de locais no Japão e Austrália. Além de lendas da música dos dois lados do Atlântico, como os citados acima junto com Queen, The Who, Bob Dylan, Crosby, Stills, Nash & Young, Santana, Phil Collins, Four Tops, Rolling Stones, Madonna, David Bowie, INXS, Cliff Richard, Tina Turner, Teddy Pendergrass e Ashford & Simpson, os espectadores do evento viram a reunião de dois dinossauros, especialemente para a ocasião: o Black Sabbath, em sua formação original e o Led Zeppelin (com Phil Collins no lugar do falecido John Bonham). Pode-se dizer que foi um show como nenhum outro, tendo arrecadado o valor de £ 100.000.000 (cem milhões de libras esterlinas), ou seja mais de 283 milhões de dólares e foi vistou por cerac de 1 bilhão de pessoas, mauo audiência televisiva de um show de Rock na história.

Os músicos norte americanos criaram outro projeto de ajuda à Etiópia que também acabou fazendo história, o USA For Africa, que contou com feras como Lionel Ritchie, Michael Jackson, Diana Ross, Ray Charles, Stevie Wonder, Bruce Springsteen, Kim Carnes, Al Jarreau, Huey Lewis & The News, James Ingram, Hall & Oates, Kenny Rogers, Cindy Lauper, Dionne Warwick, Journey, Billy Joel, Willie Nelson, entre muitos outros.

Em 1989, 2004 e 2005, Geldof organizou outros eventos de vulto como o Live Aid’89, o Live Aid 2004 e o Live 8, com novas versões da música que mobilizou roqueiros e todo o planeta na ajuda ao próximo. Por seu gesto, ele foi nomeado cavaleiro do Império Britânico e indicado ao Prêmio Nobel. E o Rock and Roll ganhou uma data que é comemorada desde então.

Para terminar, tenham todos um FELIZ DIA DO ROCK! ROCK AND ROLL WILL NEVER DIE!

Band Aid: O Rock em favor da vida

Fonte:

Wikipedia

Deixe um comentário

Arquivado em Datas Marcantes, História do Rock, Música, Supergrupos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s