Grandes Nomes do Rock: The Mamas & The Papas, parte 1

Eles foram uma das principais bandas da Cena de San Francisco, muito querida pelos adeptos da Contracultura ou Flower Power em vigor, que se destacava por belos arranjos vocais e elaborados trabalhos instrumentais. Apesar de muitos problemas internos, eles mantiveram a qualidade musical até o fim de sua existência. Vamos falar dos sempre queridos The Mamas & The Papas.

O compositor e guitarrista John Phillips (nascido John Edmund Andrew Phillips em 30 de agosto de 1935 em Parris Island, Carolina do Sul, EUA) conheceu o cantor e guitarrista Scott McKenzie (nascido Phillip Wallach Blondheim no dia 10 de janeiro de 1939 em Jacksonville, Florida, EUA), filho de um amigo de sua mãe e formaram o primeiro grupo, The Abstracts, especializado em Doo Wop. Mudou o nome para The Smoothies e ao se converter num trio Folk em 1960, mudou definitivamente para The Journeymen, que chamou atençaõ e assinou com a Capitol Records, inde chagaram a gravar três discos. John tinha latgado a escola pra casar-se com a namorada Susan Adams, com quem teve dois filhos Jeffrey e Laura Mckenzie (de quem vamos falar mais tarde). Durante uma turnê do grupo, John conheceu a adolescente Michelle Gilliam (nascida Holly Michelle Gilliam no dia 4 de junho de 1944 em Long Beach, California, EUA), que se tornou sua amante. Depois que seu caso extraconjugal foli descoberto, John deixou Susan e tornou Michelle a nova Sra. Phillips.

Em 1963, John e os Journeymen, se mudaram para o bairro boêmio Greenwich Village em Nova York, onde estava ocorrendo um verdadeiro revival do som Folk. Michelle começou a atuar como parceira em composiçoes do marido e fazia informalmente alguns vocais. Foi numa das gigs na Big Apple que John conheceu o cantor canadense Denny Doherty (nascido Dennis Gerrard Stephen Doherty no dia 29 de novembro de 1940 em Halifax, Nova Escócia, Canadá), que em 1964 formou o grupo folk The Mugwumps, uma verdadeira lenda na cena do Village da época que contou em suas fileiras com futuros membros do Lovin’ Spoonful e dos Mamas & Papas (reza a lenda que Peter Tork, dos Monkees chegou a tocar com eles).

Em 1965, com o fim dos Mugwumps, John, Denny e Michelle (atuando como vocalista) formaram The New Journeymen e enquanto estavam em férias nas Ilhas Virgens, Doherty fez um lobby para a entrada de sua amiga e colega de Mugwumps, Cass Elliott (nascida Ellen Naomi Cohen no dia 19 de setembro e 1941 em Baltimore, Maryland, EUA) na banda como segunda vocalista. John relutou em aceirá-la no grupo pelo fato dela ser gordinha, mas foi convencido pelo amigo. Existe uma lenda que Cass teve uma melhora de alcance vocal ao ser atingida na cabeça por um cano de cobre. Isso teria sido primordial para sua admissão. A própria cantora confirmou a história anos depois, mas amigos da banda diziam que isso tinha sido inventado para minimizar o fato de John não aceitá-la na banda por causa de sua obesidade.

Faltava então um novo nome para o grupo. Enquanto assistiam TV, os quatro começaram dar sugestões. John veio com Magic Cyrcle, prontamente recusado pelos demais. Procuraram alguma coisa interessante pra ver na TV e num canal estava passando um programa de entrevistas sobre a famosa gangue de motoqueiros Hell’s Angels no exato momento em que um deles declarou que enquanto outras pessoas chamavam suas esposas/companheiras de ordiárias (cheap), suas mulheres tinham um tratamento respeitoso, sendo chamadas de Mamas (mamãezinhas). Cass pulou da poltrona e bradou: “- Sim! Eu quero ser uma Mama!” Michelle ficava repetindo: “– Nós somos Mamas! Nós somos Mamas!”. Os dois homens do grupo se entreolharam e pensaram: “- Bom se elas são Mamas nós só podemos ser Papas (papaizinhos). Então, fecharam com The Mamas & The Papas. Caso encerrado!

Nesse ano, eles conseguiram um contrato com a gravadora Dunhill Records e gravaram seu single de estréia, Go Where You Wanna Go (lado B, Somebody Groovy) que não teve muito sucesso comercial. Já o segundo, California Dreamin’ (aproveitando o mesmo lado B do anterior), uma composição do casal Phillips, foi um grande êxito chegando ao quarto lugar nas paradas dos EUA (23º no Reino Unido).

Em 1966, eles lançaram o primeiríssimo álbum de sua discografia intitulado If You Can Believe Your Eyes and Ears, contendo os dois singles lançados no ano anterior.

Os primórdios: The Jorneymen (em sentido horário: John Phillips, Dick Weissman e Scott McKenzie)

Continua no próximo post

Deixe um comentário

Arquivado em Aniversariantes, Biografias, Blues, Grandes Nomes do Rock, Grupos vocais, Música, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s