Brazilian Rock and Roll of Fame: Ronnie Cord, parte 2

Filho do compositor Hervê Cordovil, Ronnie Cord começou a aprender violão quando tinha apenas seis anos. Em 1959, fez um teste pela Copacabana Discos. Naquela época, o Rock brasileiro começava a assumir um caráter próprio e já tinha seus primeiros ídolos locais. Em 1960, Ronnie gravou EP’s, compactos e dois álbuns, alcançando o sucesso com sua versão de Itsy Bitsy Teenie Weenie Yellow Polkadot Bikini, que lhe valeu um Troféu Chico Viola. A partir do ano seguinte, também gravou outros trabalhos e em 1962 começou a cantar em português composições próprias e versões.

Em 1964, Ronnie gravou o disco que colocou seu nome de vez no Hall da Fama do Rock Brasileiro: Rua Augusta, cuja música título, cheia de expressões e gírias juvenis (legal, tremendão etc.), fora composta por seu pai, “seo” Hervê, que à época era um ” jovenzinho” no alto dos seus 50 anos recém completados (!!!). Foi o primeiro Rock nacional a ter problemas com a censura por causa da estrofe “Comigo não tem mais esse negócio de farda/ não paro o meu carro nem se for na esquina/ tirei a 130 a maior fina do guarda…“, que teve que ser cortada, ficando do jeito como a conhecemos. [N. do Ed. = naquele ano, tinha acontecido o famigerado Golpe Militar de 31 de março]. Além de Rua Augusta, o disco tem outros destaques como Veludo Azul (Blue Velvet de Wayne-Morris, versão de Fred Jorge), Sílvia (Silvie de Mouted-Chabrier, versão Juvenal Fernandes), e Brotinho Difícil (Ronnie Cord). Ronnie volta a cantar em inglês em Hippy Hippy Shake (Chan Romero) e My Bonnie (tradicional, com adaptação de Mary Smith), que foram, respectivamente, lado B do single Boliche Legal (Hervê Cordovil) e Lado A com Eu e o Luar  (Ronnie Cord) no verso. 

Em 1965, veio outro estrondoso sucesso da carreira do cantor: Biquini de Bolinha Amarelinha, versão de Hervê Cordovil para Itsy Bitsy Teenie Weenie Yeallow Polkadot Bikini, música com a qual Ronnie fez sucesso em 1960. Lançou o single Amor Perdoa-Me  (Amore Scusami de Pallavicini-Mescoli, versão Júlio Nagib)/ Eu Vou à Praia (Hervê Cordovil) e mais um EP com as músicas A Força do Destino (Rossi-Antartide, versão Ronnie Cord), Giorno Grigio (Ronnie Cord-Ana Maria), Humildemente Te Peço Perdão (Vianello-M.R.-Murilo), e Loddy-Lo (Mann-Apple, versão Juvenal Fernandes), também lançadas em compacto simples.

Nesse ano, o colega cantor Erasmo Carlos lançou o retumbante clássico Festa de Arromba (de sua autoria), fazendo uma homenagem aos grandes nomes da cena roqueira da época. Claro que Ronnie não foi esquecido (“E Logo que cheguei notei, Ronnie Cord com um copo na mão…”). Como era um dos artistas de destaque na época, Ronnie chegou a ser cogitado para ser um dos apresentadores do programa de TV Jovem Guarda (embora nunca tenha sido feito um convite formal), lançado em 1965, que se tornou uma referência do Rock brasileiro dos anos 60. O cantor se tornou atração recorrente do programa em 1965 e 1966.

Formou o conjunto The Cords com os irmãos Norman Cordovil e Hervê Jr. e aproveitando a onda de versões de músicas dos Beatles, eles gravaram o single Todo Meu Amor (versão do clássico All My Loving) com Escândalo na Família (versão de Shame and Scandal in the Family de Donaldson-Brown, versão Fred Jorge) no verso, música quer foi um sucesso com Renato & Seus Blue Caps. Em 1966, Ronnie gravou sozinho o single Eu, a Noite e Ninguém (Ronnie Cord, Fred Jorge)/ Disco Voador (Ronnie Cord) e com os irmãos gravou o EP com as músicas  Há Uma Estranha Expressão Nos Teus Olhos (versão de Antônio Mojica), Escuta no Vento (versão de Norman Cordovil), Girl (Lennon/McCartney, um clássico dos Beatles) e Dia Lindo (Monday, Monday de John Philips, sucesso do The Mamas & The Papas com versão de Norman Cordovil).

ronnie cord e aguilar

Reconhecimento: Ronnie Cord, cercado por seu fã clube, recebe prêmio das mãos do apresentador Antônio Aguillar

Conclui no próximo post

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Brazilian Rock and Roll Hall of Fame, Gêneses do Rock Brasileiro, Música, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s