Grandes Nomes do Soul: The Isley Brothers, parte 1

Uma das mais celebradas bandas de Rhythm & Blues e Soul que nasceu a partir de um grupo vocal formado por três irmãos de Cincinatti, Ohio que fez parte da história do Rock and Roll. De trio, que chegou a gravar na lendária Motown, se converteram num sexteto, com a adesão dos irmãos mais novos e um aparentado. Em seus shows e discos, foi revelado um dos maiores guitarristas de todos os tempos, Jimi Hendrix. Vamos acompanhar a saga dos Isley Brothers.

Em Cincinatti, Ohio, EUA, os irmãos O’Kelly Isley Jr. (nascido no dia 25 de dezembro de 1937), Rudolph Isley (nascido no dia 1º de abril de 1939), Ronald Isley (nascido no dia 21 de maio de 1941) e Vernon Isley (nascido em 1943), os  quatro filhos mais velhos de O’Kelly Isley Sr., um marinheiro e performer de vaudeville da Carolina do Norte e sua esposa Sallye Isley, cantora nascida no estado da Georgia, EUA começaram a a cantar juntos ainda adolescentes, fazendo parte do coro da igreja que a família frequentava. Tendo o jovem Vernon como vocalista principal e como inspiração os grupos vocais Bill Ward & The Dominoes e The Dixie Hummingbirds, os Isleys começaram a angariar fama em seu circuito natal através de apresentações em programas de rádio.

Em 1957, a tragédia se abateu sobre o grupo com a morte de Vernon. Ele estava andando de bicicleta quando foi colhido por uma colisão de carros, tendo óbito instantâneo. Num primeiro momento, os três irmãos sobreviventes cogitaram o fim do grupo, mas decidiram passar o encargo de vocalista principal a Ronnie, então com 15 anos. Então, como trio foram tentar batalhar a carreira em Nova York. Enquanto estavam no ônibus que os conduziu até a Big Apple, os três estavam cantado e uma senhora gostou de sua harmonização, indicando a eles Richard Barrett, um agente que ela conhecia.

Nesses shows locais, os irmãos chamaram a atenção de Bill “Bass” Gordon, que fora vocalista do grupo vocal The Colonials e tinha um pequeno selo, Teenage Records. Gravaram seu primeiro single, The Angels Cried, que contou com a produção de George Goldner. Vieram em seguida os singles Don’t Be Jealous (uma composição de Ronnie com uma levada ao estilo dos Jesters) e The Cow Jumped Over the Moon, todas músicas que fizeram um relativo sucesso local, chamando a atenção de Howard Bloom, executivo da major RCA Records.

Em 1959, após assinarem com a RCA, os Isley Brothers gravaram seu antológico single Shout! (parts 1 and 2), uma enérgica música com toques de Gospel e R&B, que eles compuseram tendo como inspiração Lonely Teardrops  de Jackie Wilson, que eles interpretavam em shows de sua nova área de atuação em Washington, D.C., EUA. Na sessão de gravação, contaram com o conterrâneo Professor Herman Stephens, organista da igreja que eles frequentavam em Cincinatti. A música não teve uma boa repercussão nos charts, ficando em 47º lugar na parada de R&B da Billboard.

Nesse ano, gravaram seu único álbum pela RCA, Shout!, com destaque para a faixa título (em duas partes) e os brilhantes covers de St. Louis Blues (W.C. Handy) e Rock Around the Clock (Bill Haley & His Comets), a tradicional When the Saints Go Marching In e o lindo Gospel How deep is the Ocean. Infelizmente, todos os seus singles posteriores pela gravadora como Respectable e Tell Me Who foram um verdadeiro fiasco, o que fez com que a gravadora dispensasse o grupo.

Em 1961, eles assinaram com a Atlantic Records, onde contaram com a produção da lendária dupla Leiber & Stoller. Lá, sua carreira também não emplacou e então foram para a Scepter Records. Em 1962, na nova casa, gravaram seu primeiro grande sucesso, Twist and Shout, uma composição do lendário produtor Bert Berns.

Continua no próximo post

Isley Brothers: convertidos a um trio por causa de uma tragédia

Isley Brothers: convertidos a um trio por causa de uma tragédia

Deixe um comentário

Arquivado em Aniversariantes, Biografias, Grandes Nomes do Soul, Música, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s