Mersey Beat Review: Swinging Blue Jeans, parte 1

Como os Beatles, eles também tiveram suas origens ligadas ao Skiffle que explodiu no norte da Inglaterra, mas não tiveram os auspícios de Brian Epstein como empresário. Embora tenham registrado alguns singles em sucedidos, lançaram apenas dois álbuns, mas continuaram se apresentando de maneira ininterrupta até os dias de hoje, após inúmeras alterações em seu line up. Com vocês, The Swinging Blue Jeans.

Corria o ano de 1956 e a molecada alvoroçada de Liverpool, influenciada pelo cantor e banjista Lonnie Donegan, foi formando suas bandas de Skiffle. Foi com esse objetivo em mente que, em 1957,  o guitarrista e cantor Bruce McCaskill (nascido em 15 de janeiro de 1940 em Liverpool, Inglaterra) chamou o contrabaixista Spud Ward (nascido em 2 de novembro de 1940 em Walton, Liverpool, Inglaterra), o vocalista e guitarrista líder Kenneth Metcalf, o guitarrista rítmico Arthur Griffiths e o quase “xará” do guitarrista, Ken Metcalfe (washboard) completando a banda. Ward sugeriu o nome The Blue Genes, inspirado em Gene Vincent & His Blue Caps. No início, foi pensado The Bluejeans, mas descobriram que já havia uma banda com esse nome. 

Spud acabou saindo para reforçar a banda Al Caldwell’s Tornadoes (mais tarde Rory Storm & The Hurricanes) e foi substituído por Jimmy HudsonAconteceram mais algumas mudanças na formação: saíram Metcalf, Metcalfe e Griffiths para as entradas de Ray Ennis (nascido Raymond Vincent Ennis no dia 26 de maio de 1940 e, Huyton, Liverpool, Inglaterra), o batera Norman Kuhlke (nascido no dia 17 de junho de 1942 em Liverpool, Inglaterra) e o guitarrista Ralph Ellis (nascido no dia 8 de março de 1942 em Liverpool, Inglaterra), além do banjista Tommy Hughes, chamado para reforçar o time.

Spud Ward voltou  durante um curto período e acabou indo para a banda Ralph Walters and the Dusty Road Ramblers. Les Braid (nascido no dia 15 de stembro de 1937 em West Derby, Liverpool, Inglaterra) assumiu o posto. No ano seguinte, o vocalista principal McCaskill se desentendeu com a banda e deixou os Blue Genes, seguido por Tommy Hughes, que decidiu sair para servir ao exército. Para as funções vagas, foram chamados o cantor John E. Carter (nascido no dia 21 de maio de 1938 em Liverpool, Inglaterra) e Paul Moss. A banda optou por um repertório mais calcado em Jazz, fazendo shows em clubes do gênero em Liverpool e cercanias.

Em 1961, Carter deixou a banda e se mudou para o Canadá. Os Blue Genes não chamaram um substituto e os guitarristas Ennis e Ellis assumiram os vocais principais, convertendo a banda num quinteto. No ano seguinte, seguiram o caminho que outras bandas conterrâneas seguiram: foram tentar a sorte em Hamburgo, Alemanha. Por seguirem uma linha diferenciada das bandas que haviam se dado bem em Hamburgo, o S Blue Benes foram hosutilizados pelo púlico e teriam encerrado a banda naquele momento, se não tivessem mudado de estilo e foco. Decidiram abraçar o Rock and Roll e mudaram o nome da banda para Swinging Blue Jeans.

Em 1963, graças ao estouro do Beatles, e cena do rio Mersey começou a ser notada e as bandas de Liverpool e Manchester começaram a fazer as coisas acontecerem, encontrando seu espaço. Os Swinging Blue Jeans foram notados por Walter Ridley, um produtor da HMV Records, onde assinaram seu primeiro contrato fonográfico. Gravaram seu primeiro single It’s Too late Now/Think of Me, que chegou ao Top 40 das paradas britãnicas. O banjista Paul Moss resolveu sair e a banda optou por seguir a formação de seus conterrâneos, os Fab 4, estabilizando-se como um quarteto.

Continua no próximo post

Blue Genes: os primórdios dos SBJ crédito: Nick Crouch

Blue Genes (1957): os primórdios dos SBJ
foto: Nick Crouch

Deixe um comentário

Arquivado em Aniversariantes, Biografias, Música, Mersey Beat Review, Rock and Roll, Sem categoria, The Beatles

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s