Rock Setentista: The Ramones, parte 1

Durante mais de de 20 anos, foi uma das mais queridas bandas de todos os tempos, fez parte da cena Punk novaiorquina dos anos 70 deflagrada pela Quinta Onda do Rock and Roll e que é considerada a inventora do Punk Rock, além de precursora do Som de Seattle. Vamos falar dos Ramones.

Em meio à psicodelia deflagrada pela Terceira Onda do Rock, quando os Beatles lançavam seu Opus Magnum Sgt. Peppper’s Lonely Hearts Club Band, começaram a surgir diversas bandas de garagem. Em Forest Hills, Nova York, EUA, o guitarrista John Cummings (nascido John William Cummings no dia 8 de outubro de 1948 em Long Island, NY, EUA) formou a banda Tangerine Puppets, que contava com o guitarrista (e futuro batera) Tommy Erleyi (nascido Erdélyi Tamás no dia 29 de janeiro de 1952 em Budapeste, Hungria). Conheceram o guitarrista Doug Colvin (nascido Douglas Glenn Colvin mo dia 18 de setembro de 1951 em Fort Lee, Virginia, EUA), que tinha acabado de se mudar da Alemanha, onde o pai servia numa base do exército. Com o fim dos Tangerine Puppets no começo de 1970, Johnny e Doug começaram a tocar juntos.

Em 1974, chamaram o jovem cantor Jeffrys Hyman (nascido Jeffrys Ross Hillman no dia 19 de maio de 1951 em Forest Hills, NY, EUA). Hyman era frontman da banda de Glam The Snipers e topou fazer parte da empreitada. O trio já estava muito bem entrosado. Com Jeffrys como baterista e John na guitarra líder, Doug tocava guitarra rítmica e fazia os vocais, mas logo mudou de instrumento e de nome: passou a tocar baixo e atuar como Dee Dee Ramone desde que soube que seu ídolo Paul McCartney dos Beatles usava o pseudônimo Paul Ramon nos primórdios dos Fab 4. Não demorou para que Colvin conseguisse convencer os colegas a usarem o mesmo sobrenome. Surgiram assim, Johnny e Joey Ramone e a banda passou a se chamar The Ramones, fazendo o púlbico acreditar que os três eram irmãos. 

Monte A. Melnick, um amigo da banda conseguiu arranjar para eles ensaiarem no Manhattan’s Performance Studios, onde trabalhava. Johnny chamou o ex-colega de Tangerine Puppets, Tommy Erdelyi a atuar como empresário da banda. Tommy havia atuado como engenheiro assistente no disco de Jimi Hendrix, Band of Gypsies. Dee Dee passou o encargo de vocalista para Joey, que por sua vez achava difícil tocar bateria e cantar ao mesmo tempo. Para resolver o problema, a´pos uma busca infrutífera por um bateram Tommy assumiu o posto, usando o sobrenome da banda. Resolvidas essas questões internas, a banda foi à luta. Em agosto de 1974, começaram a tocar num dos clubes mais badalados de Nova York, o CBGB, que se tornaria um templo da cena Punk, com o surgimento de bandas como Television, Talking Heads e Misfits, entre outras.

Em 1975, os Ramones começaram a chamar a atenção e começaram a reunir um séquito de fãs que iam ao CBGB apenas para curtir a banda, que tocava sempre sua próprias músicas num andamento bem acelerado. O diferencial era Joey Ramone que não copiava nenhum frontman badalado como Mick Jagger ou David Johanssen dos New York Dollsque tinham um mais en cène cheio de coreografias e teatralidade.  Joey permancia estático sem muitas dancinhas e firulas e sua contagem rápida (One, two, three, four) tornou-se uma das marcas registradas da banda. Eles foram descobertos por Lisa Robinson, editora da revista de Rock Hit Parade e após serem gerenciados por Campos Danny, que gravou algumas demos como Judy is a Punk e I Wanna Be Your Boyfriend, acabaram assinando com a gravadora Sire Records.

Em 1976, saiu o primeiro álbum dos Ramones, autointitulado, produzido por Craig Leon. O disco tem alguns verdadeiros clássicos ramônicos como Blitzkrieg Bop (Tommy Ramone, Dee Dee Ramone), 53rd & 3rd (Dee Dee Ramone) e Now I’m Gonna Sniff Some Glue, além do cover de Chris Montez, Let’s Dance (Jim Lee) e os dois petardos gravados como demo tape. Na época de seu lançamento, o disco não fez tanto barulho, mas hoje é considerado o primeiro discos de Punk Rock da história e um dos maiores clássicos dos anos 70. Logo, a banda saiu em turnê pelos EUA e viajaram até a Inglaterra, onde influenciaram o surgimento do Punk brutânico, que teve como expoentes os Sex Pistols e o The Clash. Estava inaugurada a Quinta Onda.

Continua no próximo post

Tangerine Puppets: o início para Johnny (o último da direita) e Tommy Ramone (o primeiro á esquerda) crédito: Bob Rowland, Richard Adler, Kari-Pekka, Laitio-Ramone

Tangerine Puppets: o início para Johnny (o último da direita) e Tommy Ramone (o primeiro á esquerda)
crédito: Bob Rowland, Richard Adler, Kari-Pekka, Laitio-Ramone

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Música, Punk Rock, Rock and Roll, Rock Setentista, Sem categoria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s