Rock Setentista: The Ramones, parte 2

John Cummings e Tommy Erdelyi atuavam como guitarristas da banda de garagem Tangerine Puppets. Cummings conheceu o guitarrista Doug Colvin e começou a formar uma banda com ele. Em 1974, o ex-vocalista dos Snipers, Jeffry Hyman se uniu a eles como baterista. Dou começou a tocar baixo e mudou o nome para Dee Dee Ramone, deixando Jeffry com o encargo de vocalista. Os dois colegas seguiram a tendência e mudaram seus nomes para Johnny Ramone e Joey Ramone, respectivamente. Aí, chamaram a banda de Ramones, fazendo todos acreditarem que eles eram irmãos. Johnny reencontrou Tommy Erdelyi num estúdio e o chamou para atuar como empresário da banda. Joey não conseguia tocar bateria e cantar e começaram a procurar um novo batera, sem sucesso. Tommy acabou assumindo a função e o sobrenome dos amigos. Quando tocavam no lendário CBGB, foram descobertos e assinaram contrato com a gravadora Sire Records, gravando seu primeiro álbum, Ramones (1976).

Em 1977 depois da bem sucedida turnê na Inglaterra, lançaram o segundo álbum, Leave Home com produção de Tommy Ramone e Tony Bongiovi (primo em segundo grau de Jon Bon Jovi) e tome clássicos ramônicos: Suzy is a Headbanger (Dee Dee, Joey), Pinhead (Dee Dee), que lançou o bordão máximo da banda Gabba Gabba Hey! e Gimme Gimme Shock Treatment (Dee Dee, Johnny), além de California Sun (Henry Glover, Morris Levy),  cover de Ronnie & The Daytonas. Não foi dessa vez que a banda conseguiu emplacara nos charts, mas seus shows se tornaram muito concorridos.

No mesmo ano, lançaram o álbum que foi seu estouro comercial, Rocket to Russia, também produzido pela dupla Tommy Ramone & Tony Bongiovi. Colocando elementos de Surf Music ao explosivo Punk Rock, a banda ficou ainda mais em evidência com seus clássicos Teenage Lobotomy, Cretin HopRamona (assinadas pelos Ramones), Rockaway Beach (Dee Dee) e Sheenna is a Punk Rocker (Joey), além dos impecáveis covers de Do You Wanna Dance (Bobby Freeman) e Surfin’ Bird (The Trashmen). O disco ficou em 49º lugar no disputado Hot 100 da Billboard. O single Rockaway Beach ficou em 66º lugar. Em seguida, fizeram um show com Iggy Pop e depois outra turnê europeia junto com The Rezillos e Generation X. Novos compromissos foram marcados estourando a agenda da banda. Tommy começou a dar mostras de cansaço com essa maratona de shows e pediu pra sair.

Em 1978, a banda recrutou um novo batera, Marc Bell (nascido Mark Steven Bell no dia 15 de julho de 1956 no Btrooklin, NY, EUA), que tocava na banda Richard Hell & the Voidoids, que se tornou Marky Ramone. Tommy continuou com os Ramones como produtor, assinando com seu nome “civil” Thomas Erdelyi. Com formação considerada clássica, os Ramones lançaram Road to Ruin, produzido por Tommy “ex-Ramone” Erdelyim. Destacam-se I Wanna Be Sedated, I Just Want To Have Something To Do (as duas assinadas por Joey) e I Don’t Want You (Dee Dee) e o cover dos Searchers, Needles & Pins (Sonny Bono, Jack Nitzsche). Reza a lenda que o guitarrista Slash (que fez parte dos Guns’N’Roses) começou a aprender guitarra depois de ouvir esse disco. Como Tommy era o lúder da banda até aquele momento, Johnny assumiu o encargo e mostrou-se tirãnico, sendo apelidado carinhosamente de KKK (Klu-Klux-Klan) uma alusão ao temerário grupo racial e repressor dos negros dos EUA.

Nesse mesmo ano, os Ramones participaram do filme Rock’n’Roll High School, comédia juvenil dirigida pelo magos dos filmes trash Roger Corman, onde tocaram a canção título (composição de Johnny, Joey e Dee Dee) e algumas outras músicas que figuraram na trilha sonora. Consta que durante as filmagens, os Ramones estavam duros e recebiam uma merreca de ajuda de custo. Para pagar as diárias no hotel, eles tiveram que fazer alguns shows nos arredores das locações.

Em 1979, saiu a trilha sonora do filme, com sete músicas que já haviam figurado nos discos anteriores, gravadas pelos Ramones ao vivo e uma inédita, I Want You Around (Phil Spector)  e também o primeiro álbum ao vivo dos Ramones It’s Alive, registro de um show que eles fizeram ainda contando com Tommy em dezembro de 1977.

Continua no próximo post

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Música, Punk Rock, Rock and Roll, Rock Setentista

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s