Rock Setentista: The Ramones, parte 3

Em 1977, os Ramones tinham feito uma turnê bem sucedida na Inglaterra e gravou dois álbuns, Leave Home, que não teve repercussão e Rocket To Russia, que foi um verdadeiro sucesso da banda e considerado um clássico do Rock. O êxito do disco  fez com que a agenda da ganda ficasse bastante carregada. No comecinho de 1978, Tommy Ramone não aguentou o tranco e deixou de atuar como músico, ficando apenas na produção. Para seu lugar foi chamado Marc Bell dos Voidoids, que se tornou Marky Ramone, inaugurando a formação clássica da banda. Saiu o álbum Road to Ruin e a banda participou das filmagens da comédia Rock and Roll High School, dirigida por Roger Corman, mestre dos filmes “B”. Em 1979, foram lançados a trilha sonora do filme (com várias músicas dos Ramones) e It’s Alive, primeiro álbum ao vivo dos Ramones.

Em 1980, o legendário produtor Phil Spector, que fez fama produzindo grupos como The Ronettes, além do derradeiro disco dos Beatles Let It Be, produziu o álbum End of the Century. Para Joey Ramone, trabalhar com Spector era a realização de um sonho, já que o vocalista era um profundo admirador do trabalho do produtor. A recíproca foi verdadeira, pois Phil achava que Joey tinha muito potencial como cantor. Os outros da banda, no entanto, não partilhavam da euforia do colega, pois eles acharam muito difícil se adequar á forma como o produtor trabalhava, como por exemplo, ter que repassar uma mesma música várias vezes ou ter que ficar confinados na  casa de Spector. Dee Dee Ramone comentou que eles chegaram a ser ameaçados com uma arma de fogo.

Este acabou sendo o mais pop dos discos dos Ramones, com destaque para Do You Remember Rock and Roll Radio (composição de Joey cheia de orquestrações), Let’s Go (Johnny, Dee Dee), a balada Danny Says (Joey) e o cover das Ronettes Baby I Love You (Spector). O disco ficou em 44º nas paradas dos EUA e em 14º nos charts britânicos. Muitos fãs ramônicos detestaram a roupagem e a sonoridade clean da banda. Resultado: a tentativa de Phil Spector em transformar os Ramones em uns polidos e refinados “filhinhos da mamãe” foi um verdadeiro fiasco.

Em 1981, lançaram Pleasant Dreams, que seguia as mesmas diretrizes do disco anterior, execradas pelos fãs da banda. O produtor da vez foi Graham Gouldman, compositor de alguns clássicos dos anos 60 como For Your Love (Yardbirds) e No Milk Today (Herman’s Hermits) e por ter tocado ma banda 10cc. É o primeiro disco da banda sem uma foto deles na capa e também o primeiro a não apresentar covers, com composições de Joey e Dee Dee. O clássico da vez é The KKK Tooks My Baby Away de Joey, um desabafo pelo fato de Johnny Ramone ter roubado sua namorada. Também se destacam as faixas It’s Not My Place (In The 9 To 5 World) de Joey e Come On Now (Dee Dee). Mesmo que o álbum, que ficou em 58º nos charts dos EUA, não tenha agradado, os shows da banda continuaram antológicos.

Em 1983, lançaram Subterranean Jungle, com produção de  Ritchie Cordell e Glen Kolotkin, os Ramones pararam de “comer mosca” viraram a mesa e, parafraseando Paul McCartney no clássico dos Beatles Get Back, voltaram ao lugar de onde pertenciam: o caráter setentista e a sonzeira Punk Rock, que sempre foi sua imbatível marca registrada. Contaram com alguns músicos adicionais como Bolly Rogers (bateria) e Walter Lure (guitarra). O clássico Psycho Therapy causou controvérsias, pois foi atribuída a coautoria a Johnny Ramone, mas Dee Dee sempre soltou aos quatro ventos que ele escreveu a música sozinho. Também se destacam as próprias Outside (Dee Dee) e  My-My Kind Of A Girl (Joey), além dos covers Little Bit o’ Soul (Carter, Lewis), original de The Music Explosion, Time Has Come Today (Willie Chambers, Joseph Chambers) dos Chambers Brothers e I Need Your Love  de Bobby Dee Waxman.

Em agosto desse ano, Johnny Ramone foi espancado quase até a morte numa briga de bar. Ele estava bebendo e viu uma moça bêbada caída no chão. Ao prestar-lhe ajuda, foi surpreendido por um suposto namorado da jovem que esmurrou o guitarrista que teve traumatismo craniano e teve que fazer uma cirugia complicada no cérebro. Por conta disso, a banda cancelou vários compromissos até novembro, quando Johnny se recuperou do incidente. O batera Marky Ramone começou a ter problemas com alcoolismo, o que acabou afetando sua atuação na banda e acabou sendo chutado.

Continua no próximo post

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Música, Punk Rock, Rock and Roll, Rock Setentista

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s