Deep Purple Family Tree: The Artwoods, parte 1

O Deep Purple (biografia aqui) é uma das principais bandas do Rock and Roll e tem uma imensa árvore genealógica. Inauguramos aqui esta seção que visa apresentar as bandas que antecederam o Purple e que surgiram a partir dele. Começamos com The Artwoods, banda fincada na história do Blues Britânico.

1963: a cena bluesística londrina estava em alta, embora estivesse na mira do ódio dos puristas do Jazz que não admitiam o uso de instrumentos eletrificados para se manifestar musicalmente. Por conta disso, Alexis Korner e Cyril Davies, que já haviam feito parte das fileiras do Chris Barber Jazz Band criaram um clube próprio, o Barrelhouse para a turma que adorava Muddy Waters, T-Bone Walker e afins. Além disso, fundaram uma banda que virou uma instituição do emergente Blues das Ilhas Britãnicas, o Blues Incorporated, cuja formação se revezava em torno da dupla.

Dentre um dos muitos músicos que costumavam participar da banda estava o cantor Art Wood (nascido Arthur Wood no dia 7 de julho de 1937 em West Drayton, Middlesex, Inglaterra), que de estudante de arte acabou se convertendo num aficcionado no Blues elétrico. Ele foi um dos muitos entusiastas do Skiffle que tomou a Inglaterra de assalto em 1956. Em 1958, ele formou a Art Wood Combo, que passou a dividir com o Blue Inc. as atenções do cantor, que costumava se revezar com o vocalista oficial Long John Baldry.

Em1964, quando o tecladista Jon Lord (nascido Jonathan Douglas Lord no dia 9 de junho de 1941 em Leicester, Inglaterra) e o guitarrista Derek Griffiths (nascido no dia 23 de junho de 1944), egressos do Red Bludd’s Bluesicians juntaram-se à banda de Wood, decidiram mudar o nome da mesma para The Artwoods (uma brincadeira com o nome do “chefe”). Com a entrada do batera Keef Hartley (nascido Keith Hartley no dia 8 de abril de 1944 em Preston, Lancashire, Inglaterra), que entrou para a história como substituto de Ringo Starr no Rory Storm & The Hurricanes, além do ex-baixista dos RoadrunnersMalcolm Pool (nascido no dia 10 de janeiro de 1943 em Hayes End, Middlesex, Inglaterra), a banda começou a tocar no circuito de clubes londrinos e se tornou residente no 100 Club, além de assinarem contrato com a Decca Records.

Gravaram seu primeiro single, Sweet Mary (original de Leadbelly), que tinha no lado B If I Ever Get My Hands On You. O disco não foi exatamente um sucesso , mas permitiu que os Artwoods fossem  muito requisitados para fazer aparições em programas televisivos como o Ready Steady Go. Reza a lenda que nessa época, eles rivalizavam com os Animals na preferência do público. Em 1965, saíram mais dois singles da banda,  Oh My Love/Big City e Goodbye Sisters/She Knows What To Do, que também foram um verdadeiro fiasco, mas eles continuavam em alta por causa de suas apariçõers nos programas de TV, embora não tenham participado da Invasão Britânica, algo que fez seus rivais os Animals a se tronaram uma das bandas de ponta no evento.

Em 1966, lançaram os singles I Take What I Want/I’m Looking For A Saxophonist (este até qte fez bonito, ficando em 25º nos charts britânicos) e I Feel Good/Molly Anderson’s Cookery Book. Nesse ano saiu o primeiro e único álbum da banda Art Gallery e em seguida, foram dispensados pela Decca. Em 1967, assinaram com a Parlophone (que lançou os Beatles), mas gravaram apenas um single de repercussão pífia, What Shall I Do/In The Deep End. Foram para a Fontana e gravaram um single, Brother Can You Spare A Dime/Al’s Party sob o nome de St. Valentine’s Day Massacre. Mas nessa altura, a banda tinha decretado seu final.

Conclui no próximo post

The Art Wood Combo: Art Wood, Derek Griffiths, Reg Dunnage, Malcolm Pool e Jon Lord (sem o biodão característico!) crédito: http://www.deep-purple.net/tree/artwoods/the-art-wood-combo.html

The Art Wood Combo: Art Wood, Derek Griffiths, Reg Dunnage, Malcolm Pool e Jon Lord (sem o biodão característico!)
crédito: http://www.deep-purple.net/tree/artwoods/the-art-wood-combo.html

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Blues, Deep Purple, Deep Purple Family Tree, Música, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s