Guitar Heroes Review: Danny Cedrone

A guitarra é o símbolo máximo do Rock and Roll e a partir deste post, o Musical Review vai fazer uma homenagem aos grandes mestres das seis cordas, que se consagraram por solos que se tornaram inesquecíveis e também por influenciarem tantos outros guitarristas. Começamos o nosso novo espaço falando de um excelente guitarrista, cujo solo colocou o Rock and Roll no coração dos jovens. Vamos falar de Danny Cedrone.

Donato Joseph “Danny” Cedrone nasceu no dia 20 de junho de 1920 em Jamesville, NY, EUA. Seus pais, Vicenzo e Domenica Cedrone eram imigrantes italianos e ele teve oito irmãos, quatro rapazes (Tony, Joseph, Luciano e Clementino) e quatro moças (Laura, Alba, Mary e Anita). Quando Danny tinha um ano, os Cedrones se mudaram para o sul do estado da Philadelphia, EUA. Começou a aprender guitarra com a mãe antes dos 10 anos. Também conseguiu aprender diversos instrumentos de cordas como baixo, banjo, violino, além de tocar piano. Já jovenzinho, formou sua primeira banda, The Four Kings, onde além de tocar guitarra também fazia as vezes de guitarrista, graças à sua bela voz de barítono. Aos 19 anos, ele se casou com sua namorada Carmela “Millie” Casella e eles tiveram quatro filhas: Marie, Theresa, Lorraine e Janet. As três primeiras formaram um afinado grupo vocal chamado The Cedrone Sisters enquanto o pai começou a atuar como músico de estúdio na década de 40.

Em 1950, quando tocana com The Esquire Boys, ele conheceu Bill Haley e começou a tocar em sessões com sua banda, The Saddlemen. Com eles, Danny gravou um cover de Rocket 88 (Brenston, Turner), cuja versão original tinha sido gravada por Jackie Brenston & His Delta Cats, que contou com Ike Turner naquela histórica sessão, música essa considerada o Primeiro Rock and Roll gravado. Cedrone foi chamado para integrar oficialmente os Saddlemen, mas recusou o convite para se dedicar em tempo integral aos Esquires. Continuou atuando como músico ocasional na banda de Haley.

Em 1952, junto com os Esquire Boys, Cedrone gravou uma versão primitiva de Guitar Boogie Shuffle (primeira versão eletrificada de Guitar Boogieclássico do Bluesman Arthur Smith), uma música que influenciou o guitarrista britânico Bert Weedon e (por tabela) seu jovem pupilo George Harrison. Eles também gravaram muitas outras músicas como Rock Beatin’ a Boogie, música composta por Bill Haley (gravada por ele muito tempo depois), Guitar Mambo, Caravan e St. Louis Blues Walk, entre outras, muitas delas obscuras até recentemente.ementeVoltou a trabalhar com Haley e deixou sua marca em Rock the Joint, numa pioneira incursão na fusão de fundamentos jazzísticos com o Rock. 

Cedrone voltou a trabalhar com Haley (na ocasião com sua banda The Comets) em 1954 e as sessões de gravação que aconteceram em 14 de abril e 7 de junho daquele ano, fizeram com que verdadeiros clássicos da Primeira Onda do Rock aflorassem dos dedos mágicos de Danny: Rock Around the Clock, Thirteen Women, Shake Rattle and Roll e ABC’s Boogie. Danny recebeu apenas 21 dólares na sessão de abril e Bill pretendia contar com Danny como um de seus Cometas. O guitarrista ficou de pensar na proposta.

Infelizmente, no dia 17 de junho de 1954, uma tragédia aconteceu. Ele caiu de uma escada e quebrou o pescoço, tendo morte instantânea. Tal acidente ceifou a vida do brilhante músico, que tinha apenas 33 anos, três dias antes de seu aniversário. Danny pretendia comemorar seu natalício em dose dupla, pois naquele dia se comemorava o Dia dos Pais [nos EUA]. Infelizmente não pôde viver para ver o que seus solos de guitarra iriam fazer com o país e com o mundo inteiro.

Conseguiu, postumamente, seu primeiro hit nos charts (42º lugar na Cash Box) com a versão dos Esquire Boys para Rock Beatin’ A Boogie. Bill Haley e Seus Cometas fizeram um imenso sucesso com Rock Around the Clock e Shake, Rattle and Roll no fim do ano, colocando o “o tal de Rock and Roll” nas nuvens. Segundo relato de seu neto, Danny Cedrone III, o músico confidenciava à esposa que no dia em que ele emplacasse um grande disco, ele e a família estariam feitos. Essa profecia se cumpriu, mas esse primevo guitar hero do Rock não pôde colher os dividendos desse trabalho. Sua querida esposa e confidente Millie foi fazer companhia a ele no dia 1º de abril de 2005. Ela nunca se casou de novo.

Fontes:

Wikipedia

http://www.rockabillyhall.com/DannyCedrone.html

o gênio e sua guitarra crédito: http://www.mp3rockabilly.com/07/DCbesttoppix.jpg

o gênio e sua guitarra
crédito: http://www.mp3rockabilly.com/07/DCbesttoppix.jpg

dcDannyandhisfamily

Danny Cedrone e sua famíla
crédito: http://www.mp3rockabilly.com/07/dcDannyandhisfamily.jpg

Deixe um comentário

Arquivado em Biografias, Guitar Heroes Review, Lendas do Rock, Música, Rock and Roll

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s