Blues Incorporated: os primórdios do Rock Britânico, parte 1

Os ingleses tornaram-se aficcionados do Jazz, estilo musical oriundo de sua ex-colônia, os EUA no início da década de XX, fazendo surgir uma geração de músicos que formaram inúmeros ensembles por todo o Reino Unido. De tanta paixão pelo Jazz, os britânicos se auto-proclamaram guardiões de seu legado. Surgiu assim um grupo conhecido como “os Puristas do Jazz Britânico, que combateram veemente o Blues Urbano e eletrificado dos EUA.

Uma das bandas de Jazz mais conhecidas do reino Unido era a Chris Barber Jazz Band, que contou com inúmeros músicos de primeira linha em suas fileiras, dentre os quais o guitarrista Alexis Korner (nascido Alexis Andrew Nicholas Koerner em 19 de abril de 1928 em Paris, França) e o cantor e gaitista Cyril Davies (nascido em 23/01/1932 em Denham, Buckinghamshire, Inglaterra), confessos apreciadores do Blues e do R&B dos EUA.

Execrados pelos puristas jazzísticos, em 1955, Korner e Davies decidiram atuar como dupla e criaram um clube exclusivo para os amantes do Blues em Londres, o qual batizaram The Barrelhouse Club. Também gravaram um disco juntos em 1957 e trouxeram diversos bluesmen do outro lado do Atlântico, totalmente desconhecidos do público britânico para antológicas apresentações em seu clube que durou até o fim da década de 50.

Em 1961, eles fundaram o Blues Incorporated, que inicialmente tinha a proposta informal de apenas animar as noites do Marquee Club, nova residência da banda. A Blues, Inc. teve em sua primeira formação o cantor Long John Baldry (nascido John William Baldry em 12 de janeiro de 1941 em East Haddon, Northamptonshire, Inglaterra), o baixista Jack Bruce (nascido John Symon Asher Bruce em 14 de maio de 1943 em Bishopbriggs, Lanarkshire, Escócia), o saxofonista Dick Heckstall-Smith (nascido Richard Malden Heckstall-Smith em 16 de setembro de 1934 em Ludlow, Shropshire, Inglaterra) e o baterista Charlie Watts (nascido Charles Robert Watts em 2 de junho de 1941 em Kingsbury, Londres, Inglaterra).

Além da formação propriamente dita, eles recebiam vários convidados em memoráveis Jam Sessions como os cantores Art Wood (que às vezes substituía Baldry como vocalista do Blues, Inc.), Eric Burdon e Mick Jagger, os guitarristas Eric Clapton, Keith Richards, Peter Green e Brian Jones, entre muitos outros. Uma das apresentações do Blues, Inc. chamou a atenção do produtor e promoter Jack Good que conseguiu para a banda a gravação do álbum R&B from the Marquee [ vamos fazer uma resenha num post futuro, OK?], e 1962, que não chegou a ser um sucesso comercial, mas vale pelo registro primitivo da banda.

A dupla Korner-Davies tornou-se conceituada na cena blueseira londrina e criou no Ealing Club um espaço para bandas emergentes chamado “The Rhythm and Blues Night”. Foi ali que surgiram bandas que foram o alicerce do Rock Britânico dos anos 60 como Rolling Stones, Metropolis Blues Quartet (depois The Yardbirds) e Bluebreakers de John Mayall, entre outros nomes. Em 1963, o batera Watts saiu e juntou-se à formação clássica dos Rolling Stones. Indicou o competente Ginger Baker (nascido Peter Edward Baker em 19 de agosto de 1939 em Lewisham, South London, Inglaterra) para o seu lugar.

Conclui no próximo post

Cyril Davies e Alexis Korner, os pais do Rock Britânico (ao fundo, Charlie Watts, futuro batera dos Stones) crédito da foto: http://www.ealing-club.com/wp-content/uploads/cyril-alexis-charlie.jpg

Cyril Davies e Alexis Korner, os pais do Rock Britânico (ao fundo, Charlie Watts, futuro batera dos Stones)
crédito da foto: http://www.ealing-club.com/wp-content/uploads/cyril-alexis-charlie.jpg

Deixe um comentário

Arquivado em Rock Britânico

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s